Não dê Ouvidos aos Pessimistas


Não dê ouvidos aos pessimistas e pessoas com pensamentos negativos. Não escute os que te desencorajam. Acredite, acima de tudo, em seu potencial.

Pense nisso e faça como o sapinho surdo, não dê ouvido a pessoas que tentam desanimá-lo com palavras que não tem outro objetivo, senão desencorajá-lo. Portanto: “Oriente a sua mente e mude a sua vida”.

Em uma palestra que presenciei onde o palestrante narra que escalou o Everest. O recado era não ceder à racionalidade paralisante. Não dê ouvidos aos que diziam que era impossível. Mas isso não quer dizer arrogância ou prepotência. Descer faz parte da subida do Everest. Para cada avanço, era preciso retroceder para retomar a energia e preservar a saúde. Da mesma forma, não deve se constranger diante da necessidade de recuos estratégicos.

E desistir? “Nem pensar… Cada vez que olhei para cima, para ver quanto faltava, olhei cinco vezes para baixo, para ver o quanto já havia subido”, contou. “Nada resiste a um passo de cada vez, pequeno, constante e sistemático.”

Às vezes, seria melhor ser surdo e cego do que ouvir e ver certas coisas.

Nossos olhos e ouvidos são portas de entrada para a nossa mente e coração. Você abre a porta de sua casa para qualquer pessoa ou coisa? Todos nós cuidamos para não trazer pessoas ruins para dentro de casa, nem lixo ou outras coisas tóxicas.

Por que então você daria ouvido a certas palavras, ou prestaria atenção a certas coisas que só prejudicam?

Se não vai lhe ajudar, vai lhe atrapalhar.

Se não vai lhe edificar, vai lhe derrubar.
Se não vai lhe purificar, vai lhe contaminar.
Se o interesse é lhe corromper você tem que resistir.


Acredite: às vezes você tem que se fazer de surdo e cego. Sábio você será se souber em que situação, e quando.